Marketing digital

Guia prático de SEO para Youtube | aumentando o alcance orgânico

07 de Abril · 7 minutos de leitura · Nenhum comentário

Criou um canal mas ainda não obteve muitas visualizações? Veja então nossas dicas de SEO para Youtube e aumente o seu alcance orgânico agora mesmo.

Não é novidade para ninguém que o Youtube tem se tornado uma das plataformas mais importante da atualidade. Atualmente a marca conta com mais de 1 bilhão de usuários, sendo 82 milhões no Brasil.

Ou seja, das 102 milhões de pessoas com acesso a internet, 80% consumem conteúdo no Youtube. Não à toa, os vídeos onlines são o presente e o futuro do Marketing Digital.

Salvo raríssimas exceções, é um bom momento para investir em conteúdo na forma audiovisual para alavancar seu negócio. No entanto, se há muitas pessoas consumindo, saiba que também há muitas produzindo. Dessa forma, o seu conteúdo pode ser ótimo, mas, se caminhar sozinho, vai demorar muito tempo até que seja reconhecido.

Por isso, fizemos esse guia prático de SEO para Youtube com 11 passos simples para você posicionar seus vídeos, aumentar suas visualizações e engajar a sua audiência.

Existe SEO para Youtube?

Sim, existe e funciona de forma similar ao Google. Inclusive, um vídeo otimizado da forma correta te ajuda a “matar” dois coelhos com uma cajadada só. Não entendeu a relação?

Muito provavelmente você já deve ter se deparado com a seguinte situação:

Você faz uma busca no Google e ele te traz resultados em vídeos.

Como fazer SEO para Youtube e Google

SEO para Youtube

Nesse exemplo, a empresa conseguiu se posicionar com um serviço que eles prestam nos dois maiores buscadores da internet. Para quem é adepto ao DIY, é bem provável que use esse vídeo para concluir o trabalho. No entanto, é bem possível que a intenção da empresa tenha sido conseguir autoridade no assunto e atingir quem acredite não ter capacidade de fazer ou não tenha tempo.

Otimizando seus vídeos para SEO

O Youtube tem alguns critérios para posicionar os vídeos e engloba diversas partes. Desde o momento em que você faz o upload na plataforma até a quantidade de pessoas que avaliaram bem ou mal o seu vídeo.

Por isso, você precisa estar atento à questões como as informações que você coloca no arquivo do vídeo e no título, as palavras-chave que usa na descrição e as tags. No entanto, você também depende do usuário, então a quantidade de compartilhamento, visualizações, comentários, curtidas e as pessoas que se inscreveram em seu canal após assistir ao vídeo também influenciará na “decisão”.

Sendo assim, vamos ver de forma mais detalhada cada um desses aspectos:

1. Nome do arquivo

Como falei acima, as técnicas de SEO precisam ser aplicadas desde o momento em que você faz o upload do vídeo. Ou seja, o nome do arquivo precisa estar relacionado ao seu conteúdo. Se você for publicar uma receita, coloque “Como fazer panqueca simples” e não “versão final”.

Essa ação vai ajudar o Youtube a entender o contexto do seu vídeo. Dê uma atenção especial para tentar inserir alguma palavra-chave já nessa etapa; que nesse caso é o “como fazer”.

2. Título do vídeo

Independente do canal que você esteja usando, o título é a parte fundamental. Ele vai ser um dos primeiros contatos do usuário com o seu conteúdo e vai ser através dele que ele vai decidir se vai clicar ou não.

Portanto, o mesmo cuidado que você tem para escolher o título de um post, é preciso ter nesse momento. É preciso estudar a palavra-chave e, de preferência, escolher uma longtail. É certo que isso pode restringir um pouco mais o seu alcance, mas vai te levar a usuários qualificados.

Um outro ponto a ser levado em consideração na hora da escolha é a mensagem que o título vai passar. Quero dizer, ele precisa sintetizar o conteúdo que será apresentado. E, por favor, não busque um título chamativo se você não vai entregar o que ele promete.

Você pode até atrair usuários, mas eles certamente fecharão a janela do seu vídeo bem antes do mesmo terminar. Você pode até achar que isso não seria um grande problema, mas o Youtube não leva essa atitude em consideração.

3. Tags

Sim, as tags tem um papel fundamental na técnica de SEO para Youtube. Isso porque elas vão te ajudar a posicionar corretamente o seu vídeo e, consequentemente, ajudar as pessoas a encontrá-lo. Além disso, a sua função é controlar os vídeos relacionados que aparacem na barra lateral.

Como encontrar as melhores tags para o meu vídeo?

Existem algumas formas de buscar as tags ideais. No primeiro momento, você precisa buscar quais são as tags traduzem a temática do seu vídeo. O ideal aqui é pensar como a sua persona, o que ela buscaria? Uma opção é ir até a caixa de pesquisa do Youtube/Google analisar quais as sugestões eles mostram para esse assunto.

Por exemplo, ao digitar “como aumentar o espaço”, terá como resultado variações: celular, interno do celular, memória do celular.

dicas de SEO para youtube

Outra sugestão é identificar quais tags os seus concorrentes, que estão rankeando para esse mesmo assunto, usaram. Dessa forma, vai contribuir para que você apareça em seus vídeos relacionados.

Outro passo é criar uma tag relacionada ao seu negócio e repetir em todos os seus vídeos. Com esse passo, você vai criar uma espécie de cadeia para os seus vídeos aparecerem no relacionados

4. Descrição do vídeo

Eis aqui um passo importantíssimo tanto para auxiliar o buscador quanto na experiência do usuário. Portanto, faço uso das palavras-chave — de forma coerente e natural.

Esse passo vai agilizar a vida das pessoas que chegam até o seu vídeo e vai contribuir para que o Youtube, e o Google também, entendam do que se trata. Tente elencar todos os aspectos que o seu vídeo está tratando.

Aproveite esse espaço para fazer uso de palavras-chave secundárias bem como as longtails.

Não esqueça de usar esse campo, também, para divulgar seu site e suas redes sociais e fazer a chamada para alguma ação (call to action).

5. Legende seu vídeo

Mais uma etapa que vai ajudar no seu posicionamento do vídeo. Principalmente para posicionar no Google também, até porque, os buscadores ainda não estão lendo vídeos.

No entanto, essa etapa está além de uma estratégia de SEO. Ela tem como foco também a acessibilidade. A partir do momento em que você põe legenda em seus vídeos, fica mais fácil alcançar pessoas com alguma deficiência auditiva ou que estejam com algum problema na saída de som do computador.

6. Invista em Thumbnail (capa) para seus vídeos

Juntamente com o título do vídeo, a capa é o item de maior influência sobre os usuários. Podemos dizer até que ela chama mais atenção do que o próprio título.

Imagina a cena: o usuário está com o Youtube aberto vendo algum vídeo e depois de fazer todos os passos anteriores, o seu vídeo finalmente apareceu na coluna de vídeos relacionados. No entanto, vários outros vídeos desse mesmo tema também aparecerão.

Sendo assim, qual vídeo você acha que ele vai clicar? O que tiver uma capa mais atrativa. Portanto, invista um tempo na produção da sua capa.

Uma pequena observação: eu falei para ter uma capa atrativa e não chamativa. Ou seja, não vai ser com uma imagem toda colorida que você vai atrair. Resumindo a imagem precisa traduzir o contexto do seu vídeo.

Uma dica valiosa: na hora de produzir sua capa, dê preferencia para que o textinho fique no lado esquerdo da imagem. Isso facilita a visualização do usuários em dispositivos móveis

Engajamento e visualizações do seu vídeo

Como já falei acima, o SEO vai muito além da combinação perfeita de palavra-chave. O quanto o seu conteúdo é visualizado, curtido e compartilhado tem um peso muito grande na sua busca por um melhor posicionamento. Além, claro, da sua quantidade de inscritos. Principalmente se ele vier após o usuário assistir o seu vídeo.

7. Curtidas e comentários no vídeo

Não é de hoje que a gente sabe da importância de manter uma conversa com o público. Funciona dessa forma em qualquer tipo de divulgação de conteúdo.

Por isso, instigue essa comunicação com o seu público. Faça perguntas em algum momento do vídeo, esteja aberto para esclarecer dúvidas e sugestões. Não tenha vergonha de pedir para que os usuários curtam e comentem em seus vídeos, se eles tiverem gostado.

A ideia aqui é ter interação. Quanto mais, melhor.

8. Compartilhe o seu conteúdo

Quanto mais você compartilhar, mais chances de alcançar pessoas que tenham interesse em seu conteúdo. Após fazer o upload de seu vídeo, distribua-o em suas redes sociais e, se tiver algum assunto relacionado em seu blog, incorpore o vídeo no texto.

E, claro, incentive aos usuários para que façam o mesmo.

9. Busque a duração ideal para o seu vídeo

Não há um consenso quanto qual é a melhor duração para um vídeo. Isso vai depender muito da sua audiência e o tema que é tratado em seu canal.

Para entender melhor qual o comportamento de quem te assiste, vá até a página de Analytics do Youtube, no gráfico de retenção e analise qual o tempo médio que as pessoas passam assistindo o seu vídeo.

A partir disso, tente ajustar as próximas criação para essa duração.

10. Mantenha uma periodicidade na produção

Vamos considerar que um usuário, em meio suas andanças pelo Youtube, se deparou com o seu vídeo e, consequentemente, seu canal. Qual a impressão que você irá passar se tiver um vídeo publicado em janeiro, o outro só em maio e por fim um no final do ano?

Obviamente, ele não terá o menor interesse em se inscrever em um canal tão desatualizado. E não ter inscritos é um erro grave para quem busca um bom posicionamento.

Tente, pelo menos, subir um vídeo por mês.

11. Crie playlists

A partir do momento em que você publicar o seu primeiro vídeo, não esqueça de criar também um lista de reprodução em seu canal. Em cada lista é preciso incluir vídeos com a mesma temática.

Essa etapa vai ajudar na hora dos robôs do Youtube ordenarem os vídeos. Quando se tem uma lista de reprodução, os demais vídeos da lista aparecem no início da coluna de vídeos recomendados. E ainda é possível ativar a opção de reprodução automática.

Ou seja, passo importantíssimo do seu SEO para Youtube. Além, claro, de ajudar ao usuário a buscar mais vídeos com o mesmo tema.

A grande chave para um SEO eficiente é pensar na experiência do usuário. A partir do momento que você move seus esforços para isso, ter um bom posicionamento acaba sendo a consequência.

Tanto que se vocês observarem, grande parte dos passos que eu listei, no fundo, tinham como objetivo também facilitar a vida do seu público.

Uma dica bônus para obter êxito em qualquer canal de comunicação é analisar e planejar suas estratégia e estudar a sua audiência. Dessa forma, vai ficar muito mais fácil saber o que deve ou não fazer. Por conseguinte, você terá um público mais qualificado e engajado.

Gostou desse artigo? Então não deixe de ler:

Gostou do artigo?

Inscreva seu e-mail abaixo e receba atualizações e materiais exclusivos.

Tags: , , , , , , , , ,


Juliana Noronha

Uma carioca que já chamou de casa muitos lugares do mundo. Deixou uma carreira para trás em busca de um sonho. Entusiasta do marketing digital e apaixonada por viagens e tudo que contenha queijo e bacon.